Estamos há anos na Livework lapidando e revisando a resposta para uma pergunta que nos tem deixado obcecados: como o Design pode gerar mais valor para as organizações?

Service Design Flow

Para tentar encontrar novas respostas a essa pergunta, decidimos ano passado reunir líderes de áreas de inovação, design e customer experience de grandes empresas de diversos setores da economia. Nosso objetivo: discutir como tornar o Design mais útil e eficiente nas organizações. Assim começou o Service Design Flow.

Customer Centric

O primeiro encontro aconteceu no dia 29 de março, com o objetivo de entender os desafios que as organizações enfrentam para se tornarem mais customer centric.

Apesar das evidências cada vez mais presentes sobre os benefícios de se construir uma estratégia que coloque o cliente no centro, ainda existem muitos desafios para que essa prática se torne comum no mercado.

Assim como acontece com inovação, vemos muita gente falando estar interessada ou até mesmo investindo no assunto, mas poucos realmente colocando em prática.

Estiveram presentes no encontro líderes de áreas de inovação, clientes, design e tecnologia de grandes organizações de nosso país, debatendo sobre as barreiras que enfrentamos e necessidades que precisamos suprir para tornar as empresas mais centradas em seus clientes.

Essa pluralidade de perfis enriqueceu a troca e gerou vários insights interessantes que podem sugerir caminhos evolutivos nessa jornada para o Flow. Compartilhamos as descobertas e novos entendimentos neste whitepaper, que reune os principais pontos discutidos no encontro e nossa experiência em instalar o design na operação das organizações.