Quando nós designers vemos que as pessoas gostam dos serviços que criamos, tendemos a aceitar isso como prova de qualidade. Mas esta prova é raramente suficiente para justificar o custo do design para nossos clientes. Eles tem outras métricas que direcionam suas atividades: geralmente lucro ou rentabilidade.

Escrito por,
Ben Reason, Lavrans Løvlie

Publicado por,
Touchpoint Journal, Service Design Network
(Volume 2 Número 2, Setembro 2010)

Leia esta publicação

 

Tags: