Servitização (parte 1/3): Introdução à Servitização

Nos últimos 20 anos, a prestação de serviços permeou praticamente todas as dimensões de atividades industriais. Quando pedidas a dar um exemplo de bom serviço, a maioria das pessoas continua a citar experiências vividas em indústrias “clássicas” de serviço – hotelaria, telecomunicações ou setor financeiro, para nomear algumas. Entretanto, a realidade é que alguns dos melhores e mais inovadores serviços derivam de companhias que fornecem produtos. A primeira parte do nosso whitepaper sobre Servitização destaca por que alguém poderia querer servitizar. Vamos introduzi-lo à servitização.

Baixe nosso PDF: Servitização (parte 1/3)

Por Livework Insight em parceira com Anna van der Togt

Tags: